Cidade Maravilhosa, Cidade Militarizada

Fuzis e caveirões, que fazem parte do cotidiano nas áreas marginalizadas e reprimidas da cidade há anos, estão agora também nos cartões postais da Cidade Maravilhosa que habita o imaginário mundial.

Cidade Maravilhosa, Cidade Militarizada

Um efetivo de cerca de 85 mil — entre eles Força Nacional e Exército — está no Rio de Janeiro para assegurar o “sucesso” dos Jogos Olímpicos contra o crime e o terrorismo. Os fuzis e caveirões, com que moradores das áreas marginalizadas e reprimidas da cidade convivem há anos, agora também poderiam ser estampados nos cartões postais da Cidade Maravilhosa que habitam o imaginário mundial. Às vezes, é difícil saber se é uma grande celebração ou uma zona de guerra.

Este vídeo foi gravado em vários bairros do Rio de Janeiro onde os Jogos Olímpicos estão acontecendo, entre os dias 17 de julho e 4 de agosto.

Imagens: Barney Flow / Rodrigo Maia / Thiago Dezan

S.O.S Intercept

Peraí! Antes de seguir com seu dia, pergunte a si mesmo: Qual a chance da história que você acabou de ler ter sido produzida por outra redação se o Intercept não a tivesse feito?

Pense em como seria o mundo sem o jornalismo do Intercept. Quantos esquemas, abusos judiciais e tecnologias distópicas permaneceriam ocultos se nossos repórteres não estivessem lá para revelá-los?

O tipo de reportagem que fazemos é essencial para a democracia, mas não é fácil, nem barato. E é cada vez mais difícil de sustentar, pois estamos sob ataque da extrema direita e de seus aliados das big techs, da política e do judiciário.

O Intercept Brasil é uma redação independente. Não temos sócios, anúncios ou patrocinadores corporativos. Sua colaboração é vital para continuar incomodando poderosos.

Apoiar é simples e não precisa custar muito: Você pode se tornar um membro com apenas 20 ou 30 reais por mês. Isso é tudo o que é preciso para apoiar o jornalismo em que você acredita. Toda colaboração conta.

Estamos no meio de uma importante campanha – a S.O.S. Intercept – para arrecadar R$ 250 mil até o final do mês. Nós precisamos colocar nosso orçamento de volta nos trilhos após meses de queda na receita. Você pode nos ajudar hoje?

Apoie o Intercept Hoje

Entre em contato

Inscreva-se na newsletter para continuar lendo. É grátis!

Este não é um acesso pago e a adesão é gratuita

Já se inscreveu? Confirme seu endereço de e-mail para continuar lendo

Você possui 1 artigo para ler sem se cadastrar