Crowds participate in The Citizen's March for the Respect of Mexico (la Marcha Ciudadana por el Respeto para México), a peaceful protest to both celebrate the pride of being Mexican, and to "defend Mexico and Mexicans against the threats of the Trump government." This is Ryan Christopher Jones (@ryanchristopherjones), a New York-based photographer sharing scenes from Mexico City during Sunday's march.

Orgulho à mostra em protesto contra Trump na Cidade do México

Milhares de pessoas compareceram à manifestação “Respeito pelo México” no último domingo para protestar contra a agenda de Donald Trump com relação ao país e celebrar as tradições mexicanas.

Crowds participate in The Citizen's March for the Respect of Mexico (la Marcha Ciudadana por el Respeto para México), a peaceful protest to both celebrate the pride of being Mexican, and to "defend Mexico and Mexicans against the threats of the Trump government." This is Ryan Christopher Jones (@ryanchristopherjones), a New York-based photographer sharing scenes from Mexico City during Sunday's march.

Milhares de pessoas compareceram à manifestação “Respeito pelo México” no último domingo para protestar contra a agenda de Donald Trump com relação ao país e celebrar as tradições mexicanas na Cidade do México. O protesto pacífico, organizado pela Vibra Mexico, partiu do Auditório Nacional da Cidade do México e terminou com os manifestantes cantando o hino nacional no monumento Anjo da Independência. Por meio de uma ordem executiva assinada em sua primeira semana na Presidência, que corrobora suas inúmeras declarações no Twitter e em discursos, Trump ordenou a “construção imediata de um muro físico na fronteira sul” dos EUA.

Ryan Christopher Jones, fotógrafo de Nova York, compartilhou algumas cenas do protesto no Instagram para The Intercept.

URGENTE! O Intercept está na linha de frente na luta por justiça pelo brutal assassinato de Marielle Franco.

Domingos Brazão, conselheiro do Tribunal de Contas do Rio de Janeiro, é apontado como mandante desse atentado. Revelamos que Ronnie Lessa, ex-policial militar envolvido, delatou, mas a homologação pelo STJ enfrenta obstáculos devido ao foro privilegiado de Brazão.

Sua doação é crucial para impulsionar investigações e ações legais. A verdade não pode mais ser silenciada. Faça sua doação agora!

FAÇA PARTE

Faça Parte do Intercept

Entre em contato